Vírus do Nilo detectado em um homem de 75 anos de La Puebla de los Infantes

A homem de 75 anos foi recentemente diagnosticado com o vírus do Nilo Ocidental no município sevilhano de A Puebla dos Infantes, conforme notificado pelo Ministério da Saúde e Consumidor da Junta de Andaluzia. O homem recebeu alta no final de agosto e goza de perfeita saúde. É, portanto, o segundo caso detectado na comunidade autónoma até agora este ano, somando-se ao detectado em uma mulher de 84 anos de Arroyomolinos de León (Huelva).

O último relatório da Direção Geral de Saúde Pública e Regulação Farmacêutica, do Ministério da Saúde e do Consumidor, sobre as capturas efetuadas entre 28 de agosto e 1 de setembro, destaca a deteção de presença do vírus do Nilo Ocidental nas capturas realizadas em Villamanrique de la Condesa. O resultado das restantes armadilhas localizadas em Sevilha foi negativo.

Por outro lado, como resultado da integração da vigilância, foram recebidas informações de presença do vírus do Nilo Ocidental pela Estação Biológica de Doñana em mosquitos capturados em La Puebla del Río. Além disso, o Serviço de Vigilância Epidemiológica de Aves Silvestres do Ministério da Sustentabilidade, Ambiente e Economia Azul notificou a existência de um Coruja-orelhuda com vírus do Nilo em Villamanrique de la Condesa.

Em geral, esta semana a densidade populacional de fêmeas da espécie Culex perexiguus e de Culex pipiens manteve-se estávelde modo que todos os municípios estejam incluídos no Grau I ou no Grau II.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *