Um pai e seus quatro filhos atiraram em um homem à queima-roupa em um bar em Villaverde del Río

Agentes da Equipe da Polícia Judiciária de Los Alcores, juntamente com o Posto Villaverde del Río, do Comando da Guarda Civil de Sevilha, no âmbito da Operação GUNTACO, procederam à detenção de cinco pessoas como supostos autores de um tiroteio em um bar em Villaverde del Río.

Em 26 de junho, a Guarda Civil foi alertada sobre o que parecia ser uma briga em que uma pessoa havia sido baleada e estava em estado grave. Os fatos ocorreram por volta das 16h45 em um bar da cidade de Villaverde del Río (Sevilha). Após as primeiras averiguações, os agentes da Guarda Civil puderam verificar que vários indivíduos haviam entrado no bar, um deles portando uma espingarda, disparando diversos tiros à queima-roupa contra um homem de 35 anos.

Coletadas as primeiras informações prestadas pelas testemunhas, foram encontradas pistas sobre os possíveis autores do crime, bem como o veículo utilizado. Componentes do Posto Villaverde del Río localizaram todos eles, que foram transferidos para o quartel. Uma vez que a Equipe da Polícia Judiciária de Los Alcores assumiu a investigação, procedeu-se à coleta de vários depoimentos das testemunhas presentes no bar, confirmando as primeiras hipóteses. Da mesma forma, iniciou-se a busca por possíveis pontos onde poderia haver câmeras de segurança que pudessem ajudar a solucionar o ocorrido.

Todos os detidos são parentes

Após obtenção de provas suficientes da autoria, foram detidas cinco pessoas, todas membros da mesma família, mais especificamente um pai e seus quatro filhos, todos maiores de idade. O ferido teve que ser evacuado de helicóptero para o Hospital Virgen Macarena, em Sevilha, onde foi submetido a várias operações de emergência, e foi internado devido à gravidade de seus ferimentos.

Visualizando as imagens obtidas, foi possível observar como, após abordagem ao bar, uma viatura do tipo SUV, todos os seus ocupantes saíram do veículo, ao mesmo tempo que a vítima saiu do bar. Os homens que desceram do veículo estavam armados com paus e uma espingarda. A vítima, sabendo que ia ser agredida, defendeu-se atirando garrafas de cerveja que estavam em algumas caixas junto à porta do bar, impossibilitando a fuga e recebendo diversos disparos.

A gravidade do fato não se deve apenas ao suposto crime de tentativa de homicídio, mas também à violência em grau tão extremo que se observa no ato.
De realçar a colaboração do cidadão com os agentes da Guarda Civil, sendo de especial relevância o atendimento de uma mulher que se identificou como enfermeira e conseguiu controlar a hemorragia da ferida da vítima.

A rápida coleta de depoimentos das principais testemunhas do ocorrido, a análise das imagens obtidas e a reconstituição dos fatos possibilitaram à autoridade judiciária determinar a prisão dos supostos autores. Também foi realizada busca na casa onde residem os autores, de onde foram obtidas diversas peças de vestuário condizentes com as que vestiam no momento dos fatos. A investigação continua aberta.

O tiroteio ocorrido neste local de Villaverde del Río causou um grande alarme social na cidade, que foi mitigado pela rápida ação da Guarda Civil e a prisão dos supostos autores, para tranquilidade dos moradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *