Seis detidos pelo incêndio de um bar de cocktails em Los Palacios

Agentes da Guarda Civil de Los Palacios iniciaram a chamada Operação Erbia como resultado do incêndio que se originou na tenda instalada na entrada de um bar-refeitório local, cuja localização perto de um posto de gasolina multiplicou o perigo causado pelas chamas, que foram apagados com urgência pelo corpo de bombeiros local.

A inspeção realizada determinou que o incêndio foi intencional e que os danos ultrapassou os 36.000 euros. Agentes de investigação de Los Palacios localizam evidências que ligam a origem do incêndio ao uso de gasolina como acelerador e verificam que nas imagens captadas pelas câmeras de segurança do bar lanchonete, observa-se seis indivíduos aproximam-se do terraço exterior das instalações e depois de encharcar a barraca com gasolina, eles atearam fogo e fugiram.

A investigação permite que um dos suspeitos seja localizado momentos antes do ocorrido nas proximidades do local em caso de vizinho da cidade que é identificado e posteriormente preso.

Os presos pelo incêndio no bar de Los Palacios confessam os fatos

Uma vez informado dos factos de que é acusado, embora inicialmente os negue, uma vez que conhece as provas existentes da sua participação e na presença do Advogado Oficial que o assiste, reconhece a responsabilidade pelos fatos, alegando que a causa de ter causado o incêndio, foi encontrada no fato de que Eles não foram admitidos no estabelecimento em várias ocasiões.

Posteriormente, outros cinco moradores de Los Palacios foram presos. No total, são seis detidos por participação no incêndio de um bar de coquetéis em Los Palacios, todos com idades entre 18 e 22 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *