Preso em Utrera por cultivo ilegal de 200 pés de maconha

A Polícia Nacional prendeu um homem de 31 anos em Utrera por venda ilegal de maconha. Junto com a Receita Federal de Sevilha, a operação descobriu 200 plantas de maconha na urbanização ‘Los Muleros’ e entre os efeitos apreendidos, um revólver calibre 9 milímetros.

Assim, o detido é acusado de crime contra a saúde pública, na modalidade de tráfico de drogas. A investigação teve início quando os agentes tomaram conhecimento, em decorrência das funções de seu trabalho, da existência de um terreno destinado secretamente ao cultivo de maconha ao ar livre. O terreno objeto da investigação realizada por ambos os órgãos estava na urbanização ‘Los Muleros’, localizada na divisa entre a cidade de Alcalá de Guadaíra e Utrera.

Maconha do detido com valor de cerca de 100 mil euros

Após uma complexa investigação, os agentes conseguiram localizar o terreno e identificar o principal suspeito, que foi considerado encarregado de realizar as tarefas de cultivo e coleta das plantas para posteriormente colocá-las à venda no mercado ilícito, onde teriam atingiu um valor aproximado de 115.000 euros.

Em 26 de setembro, agentes da Vigilância Aduaneira e da Polícia Nacional realizaram em conjunto um dispositivo no qual se invadiu e vasculhou o terreno de Utrera, com a correspondente ação judicial. Os agentes em exercício intervieram durante a busca nas plantas de maconha, que apreenderam um peso de 60 quilos, além de diversos utensílios de cultivo e colheita, dinheiro em espécie e um revólver 9mm.

Da mesma forma, também foi preso o principal investigado, que exercia as funções do que no jargão policial é conhecido como ‘jardineiro’ por sua dedicação ao cultivo e cuidado das plantas de maconha. Essa pessoa foi posteriormente colocada à disposição da autoridade judiciária acusada do crime de tráfico de drogas.

colaboração cidadã

A Polícia Nacional trabalha na detecção, identificação e detenção de pessoas envolvidas no tráfico de drogas. Os cidadãos também podem colaborar para erradicar esses pontos de pequeno tráfico de drogas, denunciando-os através do e-mail [email protected] ou através do site oficial www.policia.es onde existe uma seção específica para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *