Eles sequestram um homem em Sevilha e ameaçam injetar nele o “soro da verdade”

Agentes da Polícia Nacional Quatro pessoas foram presas em Sevilha por supostamente sequestrar, extorquir, ameaçar e ferir um homem que aparentemente devia dinheiro a um empresário de Carmona. Esse caso bizarro, por sua vez, chamou a atenção dos pesquisadores por ter relação com a droga conhecida como “soro da verdade”. Colocado à disposição da Autoridade Judiciária, o mesmo decretou prisão para os quatro envolvidos.

Um sequestro, “soro da verdade”… essa foi a peculiar operação “Ciclo”

Uma denúncia informou os agentes sobre os acontecimentos que levaram ao início da operação do ciclo. Ao que tudo indica, a vítima contraiu uma dívida com um empresário da localidade sevilhana de Carmona, fato que levou três indivíduos corpulentos a comparecerem em sua casa com atitude ameaçadora e exigirem o pagamento do dinheiro em 24 horas.

Quando a vítima não cumpriu o mesmo, os agora detidos raptaram-no e levaram-no para o bairro 3000 Viviendas, onde o mantiveram detido durante mais de três horas e começaram os insultos, perseguições e espancamentos.

Além disso, a vítima também foi ameaçada com uma seringa que supostamente continha o chamado “soro da verdade”.

Recolhidas as primeiras informações e analisadas todas as provas obtidas, a Polícia conseguiu identificar em menos de 24 horas a viatura envolvida no rapto, bem como as identidades dos quatro alegados autores.

Localizados os autores do sequestro, tanto os autores do sequestro quanto o mandante do sequestro, bem como os endereços onde ocorreram os fatos, os agentes da Polícia Nacional realizaram uma operação policial, onde prenderam os quatro envolvidos. extorsão, ameaças, injúrias e sequestro, ficando os mesmos à disposição da Autoridade Judiciária, que decretou prisão preventiva para todos eles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *