Eles exigem que a Câmara Municipal encontre uma solução para a praga de ratos na Ronda Urbana Norte

O Associação Espanhola de Consumidores exige da Câmara Municipal de Sevilha uma solução para o problema da praga de ratos na zona do Ronda Urbana Norte de Sevilha. Eles garantem que a situação afeta os estabelecimentos vizinhos.

Segundo a associação, a situação está a agravar-se e o raio de ação dos roedores a aumentar, afetando os setores hoteleiro e de restauração situados para além da estrada e colocando em risco os seus consumidores. A insegurança estende-se também aos munícipes que circulam no passeio da Ronda Urbana, que garantem que os animais estão a habituar-se ao barulho das ruas, e que é cada vez mais difícil levar uma vida normal.

A prefeitura de Sevilha não dá uma resposta.

Até o momento, o município não deu qualquer resposta às denúncias feitas sobre a infestação de ratos na Ronda Urbana Norte, portanto, a Associação de Consumidores exige a elaboração de um plano de colisão para eliminar a infestação de roedores o mais rápido possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *