Detida a mãe do bebé encontrado morto esta quinta-feira em Sevilha

Uma mulher de 38 anos mãe da criança encontrada morta esta quinta-feira em Sevilhafoi preso após confessar que o corpo de seu filho estava em uma mochila, de acordo com as primeiras investigações. O corpo da recém-nascida foi encontrado pela polícia dentro de uma sacola, dentro de uma mochila, na casa da mãe, no Polígono São Paulo. A mulher inicialmente disse que o bebê estava em um recipiente próximo ao hospital, onde foi para sangrar após o parto. Mais tarde, ele confessou que o corpo ele estava em sua casa.

Após as 14h00 desta quinta-feira, a Polícia Nacional deu conta da morte de um recém-nascido e da detenção de um dos envolvidos na sua morte. No entanto, os fatos ocorreram na quarta-feira, quando os agentes receberam a notificação. Segundo as primeiras investigações, tratava-se de uma espanhola de 38 anos com alto grau de deficiência intelectual. Esta compareceu à Virgen del Rocío, acompanhada de sua mãe, apresentando uma hemorragia após o parto. Foi lá que ele alegou ter deixado o recém-nascido em um contêiner próximo. Alertados, os médicos fizeram questão de saber o paradeiro do bebê. Finalmente, eleA mulher admitiu que estava em sua casa, em um saco plástico enfiado em uma mochila.

A Polícia Nacional e os Bombeiros deslocaram-se ao domicílio, também alertados por um familiar da mãe, que estaria ao corrente das suas intenções. Uma vez lá, eles tentaram realizar manobras de reanimação no recém-nascido, embora eles só poderiam confirmar sua morte.

Alba Canovaca

Jornalista. Comunicando e aprendendo com tudo ao meu redor. Envolvido em jornalismo social. Mais sobre Alba Canovaca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *